EDUCAÇÃO NAS ESCOLAS

 

A nossa denuncia com relação ao Contran, que até a presente data não OFICIOU AO MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO E DESPORTO, conforme determinava desde sua criaçáo o Código Nacional de Trânsito através do ART. 73, para que fosse criada a disciplina da Educação de Transito no 1° e 2° grau.

Importante lembrar que até a presente data nada foi feito, apesar da AMO-RJ ter encaminhado um oficio diretamente ao Ministro das Cidade denunciando esta irresponsabilidade.

Pela contramão, não criando a educação de transito, mas NOÇÕES DE TRANSITO, usamos os meios que dispomos, solicitando o apoio da Governadora do Estado ROSINHA GAROTINHO com ralação a este esquecimento do Contran onde já se passaram oito anos.

Assim sendo, atendendo as nossas pretensões, foi SANCIONADA em 05 de Janeiro de 2007, lei que inclui "educação no trânsito" no currículo escolar.

 

Texto

 

RIO - A governadora Rosinha Garotinho sancionou nesta sexta-feira a lei que inclui a matéria "Noções de Trânsito" no currículo das unidades estaduais de ensino do 1º grau. A governadora vetou, contudo, o artigo 3º da lei, que determinava que a disciplina deveria ser aplicada por professores especializados no assunto. O veto retornará à Alerj para apreciação dos parlamentares.

O projeto foi aprovado na Assembléia no dia 14 de setembro e publicado nesta sexta-feira no Diário Oficial. O objetivo é evitar acidentes automobilísticos por meio de aulas sobre educação no trânsito. A lei 4.864/06 é de autoria do Presidente da Alerj, deputado Jorge Picciani (PMDB).

A nova norma determina que o tema deverá ser apresentado aos alunos de forma contextualizada às situações do cotidiano, como sinalização, relação entre veículos e pedestres, função dos agentes de trânsito, direitos e deveres de cada um e até os transportes ilegais.

A UNIÃO É A NOSSA FORÇA

PAGINA ANTERIOR.png
PAGINA INICIAL.gif

Site produzido por: Roberto de Lima